Árbitros de futebol de Évora ameaçam não apitar jogos da associação

Árbitros de futebol de Évora ameaçam não apitar jogos da associação

1
217
Quinta-feira, 10 Janeiro 2019
Alentejo

Os árbitros ameaçam não apitar qualquer jogo organizado pela Associação de Futebol de Évora.

Em causa está o atraso do pagamento de honorários, segundo disse à DianaFM o árbitro internacional Luís Godinho.

O juiz indicou que os árbitros não receberamos honorários dos jogos referentes a novembro e alguns também os setembro e outubro do ano passado.

“Os árbitros para apitarem jogos nas competições distritais colocam dinheiro dos seus orçamentos familiares para combustível e refeições”, alertou, referindo que, quando se acumula dois ou três meses de honorários em atraso, “há árbitros que se sentem”.

Perante o atraso dos pagamentos, segundo Luís Godinho, os árbitros pediram dispensa dos jogos, com efeito desde a passada terça-feira.

O juiz internacional e presidente do Núcleo de Árbitros de Futebol da Zona dos Mármores “Prof. Jorge Pombo” conta que os árbitros apresentaram duas condições para voltar a apitar.

A assinatura de um memorando entre a associação de futebol e os núcleos sobre várias questões e o pagamento dos honorários em atraso.

“O memorando já está assinado, mas a questão dos pagamentos não está assegurada porque os serviços da AFE têm estado a emitir os extratos de conta e os árbitros estão a conferir e a responder à associação, mas há um enorme número de extratos que vem incorreto”, adiantou.

O presidente da Associação de Futebol de Évora foi contactado pela DianaFM, mas escusou-se a gravar uma declaração.

António Pereira limitou-se a dizer que serão liquidados os honorários a “todos os árbitros que tenham os extratos em condições”, sem adiantar uma data.

Comments are closed.