Gripe: Uso eficiente do Serviço de Urgência do Hospital

1
152
Terça-feira, 09 Janeiro 2018
Gripe: Uso eficiente do Serviço de Urgência do Hospital

Aproxima-se um período da atividade gripal mais intenso e prevê-se que nas próximas semanas haja um aumento dos casos de gripe que, habitualmente, se traduz num acréscimo significativo da procura do Serviço de Urgência do Hospital.

Face a esta realidade a Presidente do Conselho de Administração do HESE EPE, faz um apelo à população para uma utilização eficiente do serviço de Urgência.
A melhor opção para a saúde das famílias é serem seguidas pelo Médico de Família e irem às urgências apenas de acordo com a recomendação deste profissional ou por indicação da equipa da linha de Saúde 24. Desta forma serão mais rapidamente atendidos e diminuirão os riscos de outros contágios.
Também o atendimento obriga a uma atenção mais demoradas, visto que a maioria dos utentes têm idades avançadas.

Cerca de 30% das entradas na urgência do Hospital são feitas por doentes em condições muito graves. Com uma utilização eficiente da urgência, estes doentes terão também um atendimento ainda mais rápido por disponibilidade das equipas.

Se for possível evitar uma concentração nas horas de recorrência às Urgências, nomeadamente entre as 16 e sa 24 horas, os Utentes terão maior probabilidade de ser atendidos atempadamente e as equipas também poderão continuar a prestar os cuidados da melhor forma e com a qualidade que se deseja.

No Serviço de Urgência, o Hospital dá resposta a todos os Utentes em situações urgentes ou emergentes com equipas multidisciplinares compostas por Médicos, Enfermeiros, Técnicos, Assistentes Operacionais, Assistentes Sociais, Assistentes Técnicos e Seguranças, que tudo fazem para prestar os melhores cuidados com empenho e dedicação.

 

partilhar