No interesse de todos

Like
136
Crónica de Opinião
Quarta-feira, 13 Junho 2018
No interesse de todos
  • José Policarpo

 

 

Nesta segunda-feira foi realizada uma reunião de câmara extraordinária onde fora debatido um ponto da ordem de trabalhos relativo à venda de uma parcela de terreno com cerca de 37 000 m2, sita à Porta de Avis, propriedade do município de Évora, cujo destino será a construção de um espaço comercial. Esta matéria não é nova, já no mandato anterior o executivo da CDU tivera a intenção de alienar a referida parcela de terreno.

Não tenho por hábito escrever crónicas sobre assuntos onde tenho interesse direto ou intervenção direta, são razões que só a mim me dizem respeito. Contudo, na presente reunião participei como Vereador substituto e a minha intervenção foi no sentido de que a proposta de alienação dos terrenos municipais à Porta de Avis não foi devidamente explicada pelo executivo, por isso não estavam reunidas as condições para haver quaisquer tipos de entendimentos.

O partido social democrata através dos seus órgãos concelhios não teve sempre o mesmo entendimento sobre esta matéria. Há dez anos atrás foi favorável à alteração do uso dos terrenos à parta de Avis, passando aquele para comercial. Nas últimas eleições autárquicas defendemos que o parque da cidade devia ter lugar nesse espaço.

Na verdade, a questão não é analisar a mudança do PSD sobre a matéria em causa, mas sabermos qual é a proposta do executivo camarário para aquele espaço integrado num todo que é o perímetro urbano da cidade. Há questões que se prendem com a mobilidade, com a preservação e requalificação da evolvente aos aludidos terrenos municipais, que deverão ser cabalmente explicadas para que não restem quaisquer dúvidas nos cidadãos da nossa cidade.

Assim sendo, serei sempre defensor do bom investimento privado, porque só este é que traz rendimento às pessoas e, consequentemente, bem-estar. Mas quando sou chamado a tomar decisões em quanto representante dos meus concidadãos, neste caso das pessoas que votaram no Partido Social Democrata nas últimas eleições autárquicas, presidirei sempre as minhas decisões no interesse público e, só neste.

partilhar