2.ª fase do Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia pode avançar já

2.ª fase do Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia pode avançar já

Terça-feira, 19 Novembro 2019
Alentejo

A segunda fase do Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia (PACT) “pode ir já para o terreno”, porque a candidatura a fundos comunitários está aprovada.

Foi o que revelou hoje a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, no final de uma visita às instalações do PACT, em Évora.

Segundo a ministra, a segunda fase do projeto envolve a construção de “quatro edifícios”, num investimento de “oito milhões de euros”.

“É um projeto emblemático ao qual daremos o maior apoio na segunda fase”, afirmou, salientando que as obras podem ir “para o terreno já”, porque o “já está aprovado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo”.

Ana Abrunhosa considerou que o PACT “é um caso de sucesso”, porque “está a abarrotar e a precisar urgentemente de uma segunda fase”.

 

 

“Estou a dizer isto, não porque pelo que me foi transmitido pela Universidade de Évora, mas, sobretudo, pelo que me foi transmitido pelas empresas que estão cá instaladas”, disse.

A ministra da Coesão Territorial esteve acompanhada pelo secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel, e pela secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira.

Após a visita ao PACT, os três governante seguiram para reuniões de trabalho na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo.

Foto: DianaFM

Comments are closed.