Há mais um utente do lar de Reguengos de Monsaraz internado em Évora
Alentejo

O número de utentes do lar de Reguengos de Monsaraz onde surgiu um surto de covid-19 aumentou nas últimas 24 horas, informou o município. Segundo a mais recente atualização do boletim epidemiológico, divulgada pela câmara, estão agora internados seis utentes do lar, quando o relatório de ontem indicava que eram cinco. Assim, de acordo com a Câmara de Reguengos de Monsaraz, encontram-se internados no Hospital do Espírito Santo de Évora seis utentes do lar, dos quais três estão em cuidados...

Sexta-feira, 17 Julho 2020
PCP diz que são necessários esclarecimentos sobre surto em Reguengos
Alentejo

O PCP diz que “são ainda necessárias respostas, esclarecimentos e medidas que o Governo continua por dar” em relação ao surto de covid-19 no concelho de Reguengos de Monsaraz. A posição é assumida pela Direção da Organização Regional de Évora (DOREV) do PCP num comunicado, intitulado “Governo precisa dizer o que ainda não foi dito”. Realçando que a região do Alentejo “passou a estar incluída numa lista ‘non grata’ no país e no plano internacional”, o PCP defendeu que “é...

Sexta-feira, 17 Julho 2020
Fundação onde surgiu surto não consegue contratar enfermeiros
Alentejo

A Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva (FMIVPS), em Reguengos de Monsaraz, onde foi detetado um surto de covid-19, está a tentar contratar quatro enfermeiros, mas ainda não o conseguiu. O presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz, José Calixto, lembra que as duas enfermeiras que trabalhavam no lar da instituição testaram positivo para a covid-19 e não estão ao serviço. “A FMIVPS tinha duas enfermeiras, que, entretanto, ficaram positivas, e neste momento está a tentar contrato quatro, atendendo à...

Sexta-feira, 17 Julho 2020
Évora garante 63 milhões para investir em habitação
Alentejo

A Câmara de Évora assegurou um investimento superior a 63 milhões de euros junto do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) para a resolução dos problemas habitacionais no concelho, até 2026. No concelho, segundo o município, residem 1.336 famílias em situação de grave carência habitacional, nomeadamente em situação de precariedade, de sobrelotação, de insalubridade e de inadequação habitacional e em situação de carência financeira”. A autarquia diz agora em comunicado que criou condições para apoiar...

Sexta-feira, 17 Julho 2020
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com