Alentejo: Agricultores alertam que propriedades “estão a saque”

Alentejo: Agricultores alertam que propriedades “estão a saque”

Segunda-feira, 07 Maio 2012
Alentejo
As propriedades agrícolas do Alentejo “estão a saque”, sendo alvo de “frequentes furtos” de gado e de materiais em cobre.
O alerta é do presidente da Associação de Criadores de Ovinos da Região de Estremoz, João Tavares, que diz que, “Com esta situação, não é possível ser agricultor”.
Os cabos elétricos que alimentam pivôs de rega são de cobre, explicou, indicando que “os assaltantes para ganharem algum dinheiro com o cobre danificam máquinas que são muito caras”.
João Tavares enumerou ainda outros artigos que são alvo de furto, como cabos de alumínio e de ferro e gamelões para o gado.
Em suma, disse, “tudo o que possa ser transformado em sucata para ser exportado”.
“Há grupos preparados para este tipo de furtos, que derretem os metais para os canalizarem para o estrangeiro”, salientou.
Segundo o responsável, os furtos de gado e de materiais nas propriedades agrícolas e nos montes alentejanos “estão a afetar muito os agricultores”.
Contactado pela Lusa, o oficial de relações públicas do Comando de Évora da GNR, major Paulo Pereira, garantiu que “a GNR está atenta a este fenómeno e a reforçar o patrulhamento”.

Deixe um comentário

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com