Alentejo: António Dieb alerta para a baixa execução do InAlentejo

Alentejo: António Dieb alerta para a baixa execução do InAlentejo

Quarta-feira, 16 Maio 2012
Alentejo
O presidente da CCDR do Alentejo alertou para a baixa execução do Programa Operacional InAlentejo.
Em entrevista à DianaFm, António Dieb revelou que a taxa de execução comprovada situa-se nos 26 por cento.
“Se juntarmos os valores que estão em trânsito, em termos de candidaturas estamos a falar de cerca de 40 por cento de execução, mas mesmo assim, passados cinco ou seis anos estamos com 40 por cento de execução do programa”, lamentou o responsável.
Para António Dieb, o problema não é “haver mais ou menos dinheiro de fundo disponível”, mas sim “aonde é que se vão colocar estes fundos que estão disponíveis e como é que se vão medir os resultados”.
O responsável destacou que em abril registou-se um número recorde de empresas a candidataram-se a apoios do InAlentejo.
“Pela primeira vez no Alentejo tivemos mais candidaturas e mais dinheiro proposto para investimento pelas empresas do que aquilo que tínhamos previsto inicialmente, mas estamos a falar de 20 milhões de euros a mais”, revelou.
Este aumento “deveu-se a uma campanha de divulgação” dos fundos, defendeu o presidente da CCDRA, garantindo que, apesar de se ter excedido o valor, existem “condições para reforçar o fundo” e “ninguém vai ficar sem apoios”.
António Dieb é o convidado desta semana do novo programa “Alentejo em análise”, na DianaFm, que é transmitido hoje às 18:00 e está também disponível aqui.

Deixe um comentário

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com