Alentejo e Ribatejo vão ter mais de 3.000 quilómetros cicláveis

Alentejo e Ribatejo vão ter mais de 3.000 quilómetros cicláveis

Sexta-feira, 29 Maio 2020
Alentejo

As regiões do Alentejo e do Ribatejo vão ter mais de três mil quilómetros de percursos cicláveis, numa iniciativa da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo e a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC).

O processo de pré-homologação iniciou-se esta semana.

No fim dos trabalhos de homologação, previsto para o final de 2020, a região contará com 3.105 quilómetros de percursos, dos quais 1.369 de BTT, 931 de estrada e 805 de gravel (caminhos não pavimentados).

Além dos percursos, estarão disponíveis, no âmbito do projeto Cycling Alentejo e Ribatejo, oito Centros Cyclin’Portugal em Almodôvar, Arripiado, Arronches, Castelo Vide-Marvão, Coruche, Ourique, Portalegre e Serra D’Ossa.

A esta rede irão, posteriormente, somar-se o Centro Cyclin’Portugal de Odemira – Rota Vicentina, em fase final de homologação, e o Centro Cyclin’Portugal de Serpa, já homologado, alargando a oferta da região para perto de 4000 quilómetros de percursos.

Esta iniciativa insere-se no projeto Cyclin’Portugal, desenvolvido pela FPC em todo o território, aliando competições de referência internacional, como a Volta ao Algarve, e a criação de percursos e infraestruturas que contribuem para a afirmação de Portugal como destino para a prática de turismo com bicicleta.

Foto: FPC

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com