Évora: Protesto contra “extinção de freguesias” junta mais de mil pessoas

Évora: Protesto contra “extinção de freguesias” junta mais de mil pessoas

Quarta-feira, 16 Novembro 2011
Alentejo
O protesto contra a “extinção de freguesias” que decorreu ontem na Praça do Giraldo, em Évora, juntou mais de mil pessoas.
O presidente da Câmara de Arraiolos, Jerónimo Lóios, alertou que serão extintas “31 freguesias” no distrito de Évora, caso sejam levados “à risca os critérios indicados” no Documento Verde para a Reforma da Administração Local, proposto pelo Governo.
O autarca, um dos vários presentes na iniciativa, criticou “esta reforma da administração local”, por considerar que, em muitas povoações, as juntas de freguesia são “o último elo de ligação” do Estado às populações.
Do lado do Movimento de Utentes dos Serviços Públicos, que promoveu o protesto, a porta-voz Sílvia Santos alertou que a extinção de juntas de freguesias vai deixar a população “mais isolada”.
A responsável lembrou que a maioria da população do distrito é idosa e sem acesso a uma eficiente rede de transportes.
A manifestação em defesa do Poder Local e da manutenção de serviços públicos, promovida pelo Movimento de Utentes dos Serviços Públicos (MUSP), juntou pessoas oriundas de vários concelhos, sobretudo, de Vendas Novas, Montemor-o-Novo, Mora e Arraiolos.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com