Alqueva: CAP defende que Governo deve “rever” data de conclusão do projeto

Alqueva: CAP defende que Governo deve “rever” data de conclusão do projeto

Sexta-feira, 06 Janeiro 2012
Alentejo
O Governo deve “rever a sua posição” quanto à data de conclusão do projeto de Alqueva e colocar o regadio “dentro dos prazos que estavam programados”.
A posição foi assumida pelo presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) à margem de uma reunião com dirigentes associativos regionais que decorreu ontem na Associação de Beneficiários da Obra da Vigia.
João Machado mostrou-se preocupado, “não tanto pela dilação no tempo de dois ou três anos pela conclusão das obras” de Alqueva, mas mais com os projetos agrícolas daquela zona, já concluídos, que estão dependentes de regadio.
“Tem de ser encontrada uma solução para esses projetos que tinham uma calendarização para ter água e que agora, eventualmente, não irão ter. A solução passará, seguramente, por o Ministério da Agricultura rever a sua posição e colocar a água dentro dos prazos que estavam programados”, afirmou.
De outra forma, “os projetos não terão sustentabilidade e os agricultores não poderão pagar o investimento que fizeram”, sublinhou João Machado, querendo saber “como é que o ministério encara estas questões e qual é a calendarização que vai fazer para o projeto”.

Deixe um comentário

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com