Alqueva: Município de Reguengos de Monsaraz pede audiências aos ministros da Economia e das Finanças

Alqueva: Município de Reguengos de Monsaraz pede audiências aos ministros da Economia e das Finanças

Sábado, 11 Agosto 2012
Alentejo

A Câmara de Reguengos de Monsaraz solicitou ontem audiências aos ministros da Economia e das Finanças para discutir com o Governo o fim do projeto turístico Roncão d’El Rei, antigo Parque Alqueva.
Num comunicado enviado à DianaFm, a autarquia garante “tudo fará para ajudar a reverter a situação em tudo aquilo que estiver ao seu alcance”, porque “acredita no projeto e porque a sustentá-lo está quase uma década de trabalho”.
Para a Câmara de Reguengos de Monsaraz, torna-se “incompreensível que um projeto desta relevância para Portugal e para o Alentejo tenha este desfecho, considerando que “a agenda política também tem de centrar-se no desenvolvimento regional e no emprego”.
“Como é possível um projeto declarado pelo Ministério da Economia como Projeto de Interesse Estratégico Nacional deparar-se com obstáculos e entraves na consensualização de um modelo de financiamento colocados por uma instituição bancária tutelada pelo Ministério das Finanças do mesmo Governo de Portugal?”, questiona o município.
A Sociedade Alentejana de Investimentos e Participações (SAIP), do empresário José Roquette, entregou ontem no Tribunal de Reguengos de Monsaraz o processo de insolvência.
Em causa está a falta de financiamento bancário para a construção do projeto turístico no Alqueva.
Estava previsto um investimento de quase mil milhões de euros, a concretizar em várias décadas.

Deixe um comentário

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com