Arronches: Município apresenta queixa ao Ministério Público por desaparecimento de anteprojeto

Arronches: Município apresenta queixa ao Ministério Público por desaparecimento de anteprojeto

Quinta-feira, 09 Fevereiro 2012
Alentejo
A Câmara de Arronches apresentou no Ministério Público uma “queixa contra desconhecidos” pelo desaparecimento do anteprojeto referente ao novo centro escolar da vila.
O documento custou “33 mil euros” aos cofres da autarquia.
A presidente do município, Fermelinda Carvalho (PSD), diz que “o projeto foi roubado”, porque quando chegou à câmara para cumprir o primeiro mandato já lá não estava o original.
Por isso, a câmara municipal “colocou uma ação em tribunal porque trata-se de um roubo dos documentos do Estado”.
Fermelinda Carvalho, que está a cumprir o primeiro mandato, herdou aquele anteprojeto do novo Centro Escolar de Arronches do executivo anterior, liderado pelo socialista Gil Romão.
A autarca limitou-se ainda a dizer que tem “conhecimento” sobre quem está na posse, nesta altura, do anteprojeto, mas escusou-se a adiantar mais pormenores, uma vez que o caso está em “segredo de justiça”.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com