ARS do Alentejo recolhe máscaras reutilizáveis que geraram dúvidas

ARS do Alentejo recolhe máscaras reutilizáveis que geraram dúvidas

Terça-feira, 07 Abril 2020
Alentejo

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo vai recolher máscaras cirúrgicas reutilizáveis que tinham gerado dúvidas sobre a sua adequação.

Segundo o SEP, as máscaras cirúrgicas reutilizáveis tinham sido fornecidas aos profissionais dos hospitais de Évora e de Beja que combatem a pandemia da covid-19.

A informação foi divulgada pelo Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), que tinha manifestado, na semana passada, dúvidas sobre a adequação destes equipamentos.

Num ofício enviado ao sindicado, pode ler-se que “devido à polémica gerada em volta das máscaras e porque nunca esteve em causa a proteção dos profissionais”, a ARS do Alentejo contactou o fornecedor, que informou que as máscaras “deveriam ser recolhidas e devolvidas”.

A ARS do Alentejo indicou no documento que “nunca foi obrigatório para nenhum profissional o uso desta tipologia de dispositivo médico existindo sempre alternativa” e que “foram sempre utilizadas de acordo com a Norma 07-DGS e garantidas as condições para o seu reprocessamento, definidas pelo fabricante”.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com