Assembleia de Évora aprova moções e recomendação contra prospeção

Assembleia de Évora aprova moções e recomendação contra prospeção

Quarta-feira, 17 Julho 2019
Alentejo

A Assembleia Municipal de Évora aprovou duas moções e uma recomendação contra a prospeção mineira na Serra do Monfurado.

Uma moção apresentada pelo PS “contesta vivamente a hipótese, por mais remota que possa ser, de que tal crime contra a natureza se possa vir a consumar” e apela ao Governo “para que mande proceder a uma avaliação rigorosa do que está em causa e determine a anulação” do aviso do pedido de prospeção.

Uma outra moção da bancada da CDU concorda e ratifica “a posição desfavorável relativamente à solicitação efetuada, assumida, por unanimidade, na Câmara de Évora, entendendo que a atribuição de uma licença de prospecção e exploração é contrária aos interesses do concelho”.

Já a recomendação proposta pelo Bloco de Esquerda visa dar “apoio incondicional à pronúncia negativa emitida pela Câmara Municipal de Évora” em relação ao pedido de prospeção e pesquisa de depósitos minerais na zona da Boa-Fé.

Entre outras pontos, pede à Câmara de Évora (CME) que “inicie de imediato um processo de revisão do Plano de Intervenção em Espaço Rural para o Sítio de Monfurado (PIERSM)” para a “inclusão das atividades de exploração dos recursos geológicos nas atividades interditas em todo o espaço”.

Comments are closed.