Autarca de Évora lamenta falta de apoio do Estado às companhias de teatro

Autarca de Évora lamenta falta de apoio do Estado às companhias de teatro

Segunda-feira, 02 Abril 2018
Alentejo

O presidente da Câmara de Évora, está insatisfeito com o resultado dos concursos ao Programa de Apoio Sustentado às Artes 2018-2021.

O Centro Dramático de Évora (Cendrev), É Neste País – Associação Cultural e A Bruxa Teatro foram excluídos dos apoios estatais.

“Vimos com enorme indignação os resultados”, que “são provisórios, mas não indicam nada de bom”, afirma autarca.

Pinto de Sá diz que “não há um olhar para o trabalho que tem sido feito em Évora, ao nível do teatro, que é reconhecido nacionalmente e internacionalmente”.

No caso do Cendrev, alerta que a sua exclusão “aponta para o encerramento desta companhia, que nasceu e cresceu com o 25 de Abril e que foi uma referência na descentralização cultural”.

O presidente da Câmara de Évora manifesta a sua solidariedade e a disponibilidade do município para sensibilizar o Governo para “a necessidade se alargar o apoio às artes”.

“Não queremos que sejam retirados apoios a outros agentes, mas sim que estes possam ser apoiados e isso significado dar um pouco mais de dinheiro às artes e não é muito, é um pouco mais apenas”, refere.

Pinto de Sá realçou que “há dinheiro para apoiar, por exemplo, o Novo Banco”, pedindo que “alguma gota deste mar de dinheiro” possa servir para “apoiar a cultura e salvaguardar o trabalho notável que tem sido feito em Évora”.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com