Bebé de um mês internado em Évora com suspeita de legionella

Bebé de um mês internado em Évora com suspeita de legionella

Sexta-feira, 29 Março 2019
Alentejo

Um recém-nascido está internado no Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) com suspeitas de ter legionella.

A confirmação foi dada em comunicado pelo hospital, depois de o Correio da Manhã ter avançado com a notícia.

A criança “está internada há dois dias uma criança com um quadro de infecção respiratória ligeira”, mas “os resultados laboratoriais não são conclusivos, não permitindo excluir a possibilidade de se tratar de infecção por Legionella”, divulgou o HESE.

“Aguardam-se resultados de análises confirmatórias”, acrescenta.

A criança nasceu a 28 de fevereiro de 2019 no hospital de Évora e teve alta médica no dia 03 de março, tendo recorrido ao Serviço de Urgência Pediátrica no dia 27 de março.

Esta cronologia, segundo o HESE, “permite excluir a hipótese de se tratar de infeção adquirida na instituição, uma vez que este tempo é muito superior ao período de incubação (2 a 10 dias)”.

“A família foi devida e atempadamente informada. A criança encontra-se com o tratamento adequado, e a situação clínica melhorada”, adianta o hospital de Évora, frisando que “foi reportado à Autoridade de Saúde como caso suspeito”.

A unidade hospitalar diz ainda que “não existe nenhum outro caso suspeito, pelo que, neste momento estamos perante um caso esporádico” e que a situação “não representa qualquer risco de transmissão, nem para as restantes crianças em internamento, nem para os profissionais do Hospital”.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com