Beja: Adesão à greve na empresa MPI regista “cerca de 90 por cento”

Beja: Adesão à greve na empresa MPI regista “cerca de 90 por cento”

Terça-feira, 20 Março 2012
Alentejo

A adesão à greve por tempo indeterminado na empresa Metalomecânica Projectos Industriais (MPI), de Beja, é de “cerca de 90 por cento”, disse um dirigente sindical.
Dos cerca de 45 trabalhadores da MPI, “todos” os que trabalham na área de produção industrial estão em greve e “só os do escritório, cerca de cinco”, estão a trabalhar, adiantou à Agência Lusa Eduardo Florindo, do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Sul.
Segundo o sindicalista, na passada sexta-feira, os trabalhadores da MPI decidiram, em plenário, avançar hoje para uma greve por tempo indeterminado para reivindicar o pagamento do subsídio de Natal de 2011, metade do salário de janeiro, o salário de fevereiro e os subsídios de alimentação relativos a estes dois meses.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com