Beja: Bispo lamenta falta de orações devido à seca e diz que “maioria” só acredita na “previdência de Bruxelas”

Beja: Bispo lamenta falta de orações devido à seca e diz que “maioria” só acredita na “previdência de Bruxelas”

Terça-feira, 13 Março 2012
Alentejo
O bispo de Beja lamenta a aparente falta de orações dos crentes para pedir chuva a Deus, devido à seca, referindo que “a maioria” da população só acredita “na previdência de Bruxelas”.
Na sua nota semanal, António Vitalino Dantes escreve que “noutros tempos já se teriam levantado súplicas ao céu a implorar a graça da chuva”, mas “parece que os crentes não se fazem ouvir e a maioria da população não acredita na providência divina, mas somente na previdência de Bruxelas”.
Segundo o bispo, “há muitas semanas que a terra não recebe umas pingas de chuva”, os campos “estão secos” e o gado “tem de ser alimentado com rações”, o que “torna a produção agrícola difícil para a maioria dos agricultores”.
Por isso, “já se ouvem pedidos de subsídios da política agrícola europeia” e a ministra da Agricultura “já formulou o pedido” de ajuda à Comissão Europeia, “segundo alguns um pouco tarde”, refere António Vitalino Dantas, desejando que “a seca não seja tão prolongada e calcinante como em 2005”.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com