Beja : Eventual encerramento da maternidade leva mais de uma centena à rua

Beja : Eventual encerramento da maternidade leva mais de uma centena à rua

Domingo, 15 Janeiro 2012
Alentejo

O eventual fecho da maternidade do Hospital de Beja e de 34 extensões de centros de saúde do distrito e o fim de serviços e o eventual fecho ou privatização do Hospital de Serpa são alguns dos motivos que levaram á rua mais de uma centena de manifestantes em Beja.

“Pela nossa saúde internem o ministro com urgência”, “Não acabem com o SNS” e “Não aos encerramentos de extensões de centros de saúde” eram algumas das frases dos cartazes.

A ação de protesto reuniu mais de uma centena de pessoas que empunharam bandeiras negras e cartazes. , João Rocha, presidente da Câmara de Serpa e um dos organizadores do protesto, diz que as medidas do governo são “inquietantes” porque vão “incidir sobre populações que têm mais dificuldades em aceder aos cuidados de saúde”.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com