Beja: Trabalhadores de empresa metalomecânica com ordenados em atraso

Beja: Trabalhadores de empresa metalomecânica com ordenados em atraso

Quinta-feira, 02 Fevereiro 2012
Alentejo

Os 45 trabalhadores de uma empresa de metalomecânica de Beja estão com dois meses de salários e o subsídio de Natal em atraso.
O dirigente sindical Eduardo Florindo adiantou que a empresa, a MPI, “tem dois meses de salários em atraso, dezembro e janeiro, e ainda não pagou o subsídio de Natal” de 2011.
“Alguns” funcionários da MPI já estão “a passar dificuldades”, alertou.
Já o administrador da MPI, Amaro de Matos, remeteu esclarecimentos para mais tarde.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com