Borba: Trabalhadores de empresas de mármores exigem pagamento de salários em atraso

Borba: Trabalhadores de empresas de mármores exigem pagamento de salários em atraso

Quinta-feira, 23 Fevereiro 2012
Alentejo
Trabalhadores de duas empresas de mármores estiveram ontem em greve e concentrados à porta de uma das unidades em Borba.
Em causa, segundo Nuno Gonçalves, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção, Madeiras, Mármores e Cortiças do Sul, estão salários em atraso.
As empresas Marmetal e Margrimar, dedicadas à extração de mármore e materiais de construção e à transformação, respetivamente, possuem “cerca de 45 trabalhadores”, disse o sindicalista.
Segundo o sindicalista, os trabalhadores destas empresas, que pertencem ao Grupo OPWAY, reivindicam da administração o pagamento de parte dos salários de dezembro e da totalidade dos vencimentos de janeiro.
Contudo, o diretor-geral das duas unidades industriais, Luís Sotto Mayor, refutou a falta de pagamento dos salários de dezembro.
“O salário de dezembro já está pago na totalidade, desde sexta-feira”, afiançou.
Quanto aos vencimentos de janeiro, o mesmo responsável admitiu que estão em atraso e “em negociações”, devido “à reestruturação em curso das duas empresas”.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com