Câmara de Évora acorda pagamento de dívida e poupa 1,3 milhões em juros

Câmara de Évora acorda pagamento de dívida e poupa 1,3 milhões em juros

Quarta-feira, 06 Março 2019
Alentejo

A Câmara de Évora chegou a acordo com a empresa pública Águas do Vale do Tejo para a regularização da dívida de nove milhões de euros.

Com este acordo, revela à DianaFM o presidente do município, Carlos Pinto de Sá, haverá uma poupança de 1,3 milhões de euros para a autarquia.

O acordo com as Águas de Vale do Tejo já foi aprovado em reunião de câmara e na assembleia municipal.

Está prevista uma redução de 30% dos juros vencidos até ao final de 2018, o que corresponde a uma poupança de quase 1,3 milhões de euros para a câmara municipal.

“O município ganha 1,3 milhões de euros”, refere o presidente do município, assinalando que o restante da dívida, juntamente com os juros, “será pago ao longo de 25 anos, com uma taxa de juro mais baixa que a do mercado”.

Pinto de Sá diz que este acordo “é uma consequência do contrato desastroso” feito pela anterior gestão PS do município.

O município até contestou “esta situação” em tribunal, com “poucas esperanças de ganhar” a ação, indicando que a justiça confirmou que “o que estava escrito no contrato teria que ser cumprido”.

A dívida de nove milhões de euros às Águas do Vale do Tejo “fica resolvida com este acordo”, mas “o problema fundamental, que é o contrato desastroso, não está resolvido e tem de ser resolvido”, sublinha.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com