Câmara de Évora aprova voto de pesar pela morte de agente da PSP

Câmara de Évora aprova voto de pesar pela morte de agente da PSP

Quinta-feira, 17 Dezembro 2020
Alentejo

A Câmara de Évora aprovou um voto de pesar pelo recente falecimento do agente do Comando Distrital de Évora da Polícia de Segurança Pública (PSP) António Doce.

Segundo o município, a proposta de voto de pesar foi apresentada pelo presidente da autarquia, Carlos Pinto de Sá, e aprovada por unanimidade.

No documento, os eleitos na Câmara de Évora “expressam a sua dor e sentidas condolências à família enlutada pela perda irreparável, estendendo ainda este voto de pesar à Polícia de Segurança Pública, colegas, amigos e aos profissionais de saúde que lutaram com ele até ao fim”.

Entre outras considerações, a moção refere que “António Doce pagou um preço elevado com a própria vida pelos valores que jurou defender. Pagou com a própria vida por não se ter conformado com a opressão movida pelo agressor a outro ser humano. Pagou enfim com a própria vida pela revolta de também ele ser filho, marido e pai”.

“Nesses instantes trágicos, António Doce defendeu de forma abnegada o Estado de Direito e a Constituição na condenação da violência doméstica, engrossando a voz daqueles que são diariamente silenciados”, pode ler-se no documento.

O agente da PSP de Évora António Doce morreu no domingo de madrugada no Hospital do Espírito Santo de Évora depois de ter sido atropelado por uma viatura alegadamente conduzida por um homem suspeito de agressões contra a companheira.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com