Candidata presidencial Ana Gomes preocupada com desemprego no Alentejo

Candidata presidencial Ana Gomes preocupada com desemprego no Alentejo

Sexta-feira, 20 Novembro 2020
Alentejo

Ana Gomes manifestou preocupação com o elevado nível de desemprego no Alentejo, sobretudo relacionado com pessoas que têm curso superior.

A candidata presidencial passou por Évora estava quinta-feira e esteve reunida com responsáveis do Instituto do Emprego e da Formação Profissional (IEFP).

Aludindo a dados de setembro deste ano em comparação com os de setembro de 2019, Ana Gomes referiu que “houve um agravamento do desemprego em cerca de 19% em todo o Alentejo”.

“Não são só produto da pandemia, mas o Alentejo apresenta 1.600 desempregados com cursos superiores, para quem não há oportunidade de emprego e isto diz muito dos desafios nesta região de articulação, por exemplos, polos de conhecimento, como é a universidade, com o tecido empresarial”, sublinhou.

Após a reunião no IEFP, Ana Gomes teve um encontro com a reitora da Universidade de Évora (UÉ), Ana Costa Freitas, onde foram abordadas dificuldades de mobilidade dentro da própria região.

“Os estudantes estão sujeitos a pagar caríssimos os alojamento que não existem na cidade, mas há nos arredores muita dispolibidade de residência não há é uma rede de transportes publica.

“Este é o tipo de problemas que não pode ser apenas resolvido com uma municipalidade. Tem que haver uma visão integrada e foi para isso que foram criadas as CCDR [Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional] e as comunidades intermunicipais”, disse.

Na visita à cidade, além da reunião na UÉ no IEFP, Ana Gomes também visitou o Hospital do Espírito Santo de Évora.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com