Caravana Humanitária chegou a Évora com 31 refugiados ucranianos a bordo

Caravana Humanitária chegou a Évora com 31 refugiados ucranianos a bordo

Segunda-feira, 14 Março 2022
Alentejo

A caravana humanitária chegou, hoje, a Évora, depois de cinco dias e vários quilómetros percorridos, com 31 novos ocupantes, 20 mulheres e 11 crianças. Mas houve mais dois passageiros, um cão e um gato.

Assim que as carrinhas começaram a chegar os aplausos daqueles que quiseram estar presentes, neste momento, fizeram-se ouvir, juntamente, com o som das buzinas.

Mas, a emoção foi maior quando as portas se abriram e os novos ocupantes saíram de sorrisos no rosto e um brilho no olhar.

Nataliya Chreshnya, a viver há 21 anos em Évora, recebeu, de lágrimas nos olhos, a sua tia com um abraço bem apertado.

A caravana humanitária partiu na quarta-feira rumo à fronteira da Polónia com a Ucrânia, com a missão de trazer para Portugal familiares de ucranianos que vivem no Alentejo e refugiados.

Um dos condutores das seis carrinhas é ucraniano.

Chama-se Ivan Voytkov, e tal como Natália reside em Évora há 21 anos, porém, pais, irmã, sobrinha e tios encontram-se na Ucrânia, país de onde não querem sair, tal como contou, emocionado, à Diana FM.

Ivan, não teve palavras para explicar aquilo que viu quando lá chegou, mas sublinhou que as pessoas precisam de ajuda.

Há um velho ditado que diz, “um gesto vale mais que mil palavras”.

E Nuno Mateus, também condutor, realçou os gestos daqueles que são “obrigados” a deixar uma vida para trás.

Nuno Mendes e Liana Shvachiy, luso-ucraniana, uma das organizadoras desta iniciativa, destacaram o esforço da equipa durante estes dias.

A viagem terminou, mas uma outra missão continua.

No ar, a organização deixou em aberto a possibilidade de mais uma viagem.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com