CDU de Estremoz diz que movimento que lidera câmara desrespeitou democracia

CDU de Estremoz diz que movimento que lidera câmara desrespeitou democracia

Sábado, 09 Junho 2018
Alentejo

A CDU acusa os eleitos do Movimento Independente por Estremoz (MIETZ) de desrespeitarem a democracia por terem faltado à Assembleia Municipal do passado dia 25 de maio.

“O desrespeito pelas normas democráticas não é uma novidade com este executivo, mas é evidente que, com esta atitude, se tocou no ponto mais baixo no que concerne à democracia neste concelho”, afirma, em comunicado, a CDU.

Na reunião extraordinádia da Assembleia Municipal do dia 25 de maio, o PS pretendia debater questões relacionadas com a água, nomeadamente as faturas que estão por cobrar, cujo valor ascende a meio milhão de euros.

À DianaFM, o presidente da Câmara de Estremoz, Luís Mourinha, justificou que os eleitos pelo MIETZ faltaram à sessão em protesto contra o PS, por não ter apresentado um documento sobre o tema que queria discutir.

No texto enviado à DianaFM, a Coordenadora de Estremoz da CDU diz que a situação representa “um desrespeito absoluto pelos deputados das bancadas da CDU e do PS, órgão municipal, estremocenses e, particularmente, pelos eleitores do MIETZ”.

“A atitude injustificada, e ao que parece premeditada, mancha indelevelmente a reputação e seriedade dos faltosos”, refere a CDU.

A coligação liderada pelo PCP defende que a convocação de assembleias extraordinárias é um direito que assiste aos diversos grupos municipais e que o executivo municipal tem por obrigação prestar os esclarecimentos necessários.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com