Cinco pessoas julgadas por exploração sexual de menor de Évora

Cinco pessoas julgadas por exploração sexual de menor de Évora

Segunda-feira, 11 Junho 2018
Alentejo

Cinco pessoas acusadas de terem explorado sexualmente uma menor de Évora começaram a ser julgadas.

O caso é contado na edição de hoje do Jornal de Notícias.

A rapariga de 16 anos fugiu da instituição onde vivia, em Gondomar, para ir atrás de “namorado” que a seduziu nas redes sociais.

Este apresentou-a a um casal que tinha uma pensão e, de seguida, fugiu sem deixar rasto, conta o JN, indicando que a jovem pediu ajuda ao casal, que lhe deu alojamento desde que em troca ela se prostituísse nas ruas do Porto.

A menor foi resgatada e regressou à instituição, mas, pouco tempo depois, voltou à prostituição, alegadamente forçada pelo filho do dono da pensão.

Durante meses, em 2014 e 2015, a rapariga de Évora foi obrigada a prostituir-se sob ameaças de morte.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com