Comerciantes de Évora temem fim de muitos negócios devido à covid-19

Comerciantes de Évora temem fim de muitos negócios devido à covid-19

Terça-feira, 07 Abril 2020
Alentejo

O cenário é negro. Muitos negócios poderão encerrar definitivamente por causa da pandemia da Covid-19.

A secretária-geral da Associação Comercial do Distrito de Évora, Mariana Candeias, diz à DianaFM que no distrito podem fechar metade das microempresas.

“Tememos que uma boa percentagem, senão mais de 50% das microempresas, possa fechar portas. Estamos a falar de comércios e pequenos serviços”, afirma.

Segundo a responsável, a maior parte dos cerca de 900 associados, a maioria de Évora, “está encerrada”, havendo apenas “alguns restaurantes que trabalham com serviços de ‘take away’ e as mercearias que estão a funcionar de forma regular”.

“Muitos já recorreram ao ‘lay-off’, mas nem todos os setores conseguem”, adianta Mariana Candeias, dando como exemplo os empresários que foram apoiados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional para a criação de postos de trabalho.

“Évora tem rendas altíssimas e o que sugerem é que se peçam empréstimos para conseguir pagar as rendas, mas pedir empréstimo é arranjar encargos para o futuro quando não se sabe o que vai acontecer”, acrescenta.

Mariana Candeias defende que a solução passa pela “injeção de capital nas empresas, com a possibilidade de, depois, cumprindo todas as regras, ser transformado a fundo perdido”.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com