DIAP de Évora dirige inquérito sobre surto de Mora

DIAP de Évora dirige inquérito sobre surto de Mora

Sábado, 22 Agosto 2020
Alentejo

O Departamento de Investigação e Ação Penal de Évora instaurou um inquérito sobre o surto de Mora. De acordo com o jornal Público que cita fonte da Procuradoria Geral da República, o  inquérito instaurado “tem por objecto uma situação concreta relacionada com o surto de Mora, no âmbito do qual não deixarão de ser investigados todos os factos que chegarem ao conhecimento do Ministério Público e que sejam susceptíveis de integrarem a prática de crime”.

Até ao momento ainda não foi identificado o “paciente zero”, mas em Mora fala-se de este poder ser um casal de reformados residente na vila e que atualmente se encontra no Algarve.

O presidente do Município, Luís Simão, desconhece a instauração de um inquéritom as afirma que se “houver alguém que se tenha comportado menos bem” deve ser responsabilizado e sofrer “as consequências de um ato que não foi o mais adequado no momento em que vivemos”.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com