Dívida: Governo associa “instabilidade dos mercados financeiros” ao corte de “rating”

Dívida: Governo associa “instabilidade dos mercados financeiros” ao corte de “rating”

Quinta-feira, 24 Novembro 2011
Nacional
O corte do “rating” de Portugal para um nível considerado “lixo” pela agência Fitch é uma consequência da “instabilidade dos mercados financeiros”.
A convicção é do ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas.
“É importante notar que mais uma vez é feita referência a uma grande instabilidade dos mercados financeiros”, afirmou.
Miguel Relvas acrescentou que está demonstrado “que só um caminho de rigor e de exigência é que levará a ultrapassar as circunstâncias com que Portugal e outros países da Europa hoje se confrontam”.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com