Edifícios públicos de Montemor-de-Novo vandalizados

Edifícios públicos de Montemor-de-Novo vandalizados

Segunda-feira, 23 Julho 2018
Alentejo

Vários edifícios públicos de Montemor-o-Novo foram vandalizados na noite de sábado para domingo.

Foram feitas inscrições, a tinta preta e vermelha, nas fachadas dos Paços do Concelho, Biblioteca Municipal Almeida Faria e Cineteatro Curvo Semedo e no Monumento ao Resistente Antifascista.

O presidente interino do município, António Pinetra, já condenou os atos de vandalismo.

“São pessoas que não dão a cara” e que “podem estar insatisfeitas com alguma coisa, mas não colocam” as questões “no sítio certo”, afirmou.

O autarca, que substituiu temporariamente Hortênsia Menino na presidência do município, admitiu que os atos de vandalismo podem ter motivações políticas.

“Provavelmente, resultam da tomada de posição do município, há uns dias atrás, sobre uma proposta que o Governo colocou” para a transferência de responsabilidades do castelo para a câmara municipal, disse.

António Pinetra disse que a câmara recebeu um ofício da Secretaria de Estado da Cultura a propor a entrega da responsabilidade do castelo à câmara, sem que estivesse prevista “qualquer transferência de verbas” para manutenção ou obras no castelo.

“Nós considerámos que não era razoável a proposta que nos estavam a colocar e não nos deram hipótese sequer de conversar”, pelo que “respondemos que não estávamos disponíveis para receber o castelo nestas condições”, adiantou.

O autarca apresentou queixa contra desconhecidos na GNR.

Os funcionários do município iniciaram esta manhã as operações de limpeza dos edifícios vandalizados.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com