EDP: Mexia elogia Governo por dar “prova de ausência de preconceitos” ao escolher chineses

EDP: Mexia elogia Governo por dar “prova de ausência de preconceitos” ao escolher chineses

Sexta-feira, 23 Dezembro 2011
Nacional

O presidente da EDP elogiou ontem o Governo por dar “uma prova de ausência de preconceitos” ao escolher a chinesa Three Gorges Corporation para acionista da elétrica portuguesa.
Em entrevista à TVI, António Mexia considerou que seria “muito mau” olhar para o processo de privatização com “preconceitos”.
O presidente da EDP elogiou “a capacidade de execução invulgar” que o Executivo PSD/CDS-PP deu provas durante o processo de alienação da participação pública de 21,35 por cento na elétrica.
Mexia garantiu que “não tinha nenhuma preferência”, considerando que o essencial era que “fosse o melhor projeto para maximizar o resultado para o Estado e para a companhia e esta oferta tinha indiscutivelmente o melhor preço e uma proposta industrial fundamental, importantíssima para os acionistas”.
Nesse âmbito, o gestor não tem dúvidas que a proposta dos chineses é favorável tanto para o Estado, que com a transação encaixa cerca de 2,7 mil milhões de euros, “com um prémio de praticamente 53 por cento sobre o valor em bolsa”, como para a elétrica, que, referiu, aumenta o capital e tem financiamento garantido, “o que é muito importante num momento em que a restrição financeira é grande”.
Contas feitas, António Mexia adiantou que o investimento da Three Gorges Corporation ronda os 8,7 mil milhões de euros.

Deixe um comentário

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com