Educação: Ministro considera “inevitável a redução” de professores

Educação: Ministro considera “inevitável a redução” de professores

Sexta-feira, 07 Setembro 2012
Nacional
O ministro da Educação, Nuno Crato, considera que é “inevitável a redução” do número de professores contratados para este ano letivo.
Em entrevista hoje divulgada no semanário Sol, o ministro admite que a situação é “humanamente preocupante”, mas é justificada com “a redução da população escolar, em cerca de 200 mil alunos nos últimos anos (cerca de 14 por cento)”.
Para Nuno Crato, o rácio alunos-professores que Portugal tinha estava ao nível dos países ricos, como a Áustria, devendo agora passar para uma média de 30 por turma.
Na entrevista dada ao Sol, o ministro da Educação defende também que não vai sofrer contestação nas ruas como aconteceu com a sua antecessora, Maria de Lurdes Rodrigues, porque “existe um entendimento por parte dos professores e por parte dos diretores” de que o ministério está a “trabalhar para melhorar a Educação em Portugal”.

Deixe um comentário

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com