Elvas: Polícia Judiciária detém homem indiciado por burla qualificada

Elvas: Polícia Judiciária detém homem indiciado por burla qualificada

Quinta-feira, 21 Julho 2016
Alentejo

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, em Elvas, um homem de 37 anos indiciado pela prática dos crimes de burla qualificada, falsificação, usurpação de funções e branqueamento de capitais.

Segundo a PJ, entre 2014 e 2016, o detido, intitulando-se advogado e agente imobiliário, interessou cidadãos franceses na aquisição de imóveis em Portugal.

Durante as negociações, nas quais o arguido figurava como procurador dos compradores, recebeu quantias monetárias que lhe eram entregues para pagamento do preço e despesas da aquisição, realça a Polícia Judiciária.

A PJ refere que o suspeito possuía várias identidades, com as quais abriu diversas contas em bancos diferentes de modo a poder escoar o dinheiro que recebia sem ser detetado.

O prejuízo causado ascende a valor superior a 500 mil euros.

Segundo a imprensa desta manhã, o detido é Olivier da Silva, marido de Cláudia Jacques.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com