no-cover

Enfermeiro de Évora suspende greve de fome

Sexta-feira, 22 Fevereiro 2019
Alentejo

Carlos Ramalho, presidente do Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal (Sindepor) e enfermeiro no hospital de Évora, suspendeu hoje a greve de fome que tinha iniciado na quarta-feira em frente ao Palácio de Belém, em Lisboa.

A suspensão da greve de fome surgiu depois de a ministra da Saúde, Marta Temido, ter telefonado ao sindicalista para se inteirar do seu estado de saúde e para lhe propor que as negociações entre Governo e sindicatos sejam retomadas, já na próxima semana.

Comments are closed.