Enfermeiros do Alentejo duvidam de máscaras reutilizáveis

Enfermeiros do Alentejo duvidam de máscaras reutilizáveis

Quarta-feira, 01 Abril 2020
Alentejo

A Direção Regional do Alentejo do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) manifestou dúvidas sobre a adequação das máscaras cirúrgicas reutilizáveis que alegadamente estão a ser usadas nos hospitais da região.

“Há muitas dúvidas sobre a adequação destas máscaras ao seu objetivo, o que pode colocar em causa a segurança com que os enfermeiros estão a trabalhar”, pode ler-se num ofício do SEP enviada às autoridades de saúde.

Segundo o SEP, o pedido de informação urgente seguiu para a Administração Regional de Saúde do Alentejo e conselhos de administração do Hospital do Espírito Santo de Évora e da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, que gere o hospital de Beja.

“A proteção dos profissionais que estão na primeira linha no combate ao covid-19 deve ser e é uma preocupação de todos, sendo um aspeto fundamental a ter em conta, não devendo em nenhuma circunstância ser negligenciado”, escreve o sindicato.

“As máscaras em causa estão certificadas e seguem os normativos da Direção-Geral da Saúde e do Infarmed? A instituição assume, para todos os efeitos legais, que estas máscaras são adequadas e que garantem a segurança e proteção dos enfermeiros? Qual a ficha técnica das máscaras?”, são as perguntas que constam nos ofícios.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com