Escola Manuel Ferreira Patrício pode fechar por falta de funcionários

Escola Manuel Ferreira Patrício pode fechar por falta de funcionários

Quarta-feira, 05 Fevereiro 2020
Alentejo

A Escola Básica Manuel Ferreira Patrício, em Évora, corre o risco de fechar as portas, por falta de funcionários.

O alerta é feito à DianaFM por Mariana Recto, do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas.

“Se mais um ou dois trabalhadores metem atestados médicos, a escola fica sem condições para estar aberta e tem de encerrar”, alertou.

A dirigente sindical falava após um plenário de trabalhadores da escola realizado hoje junto à entrada principal do estabelecimento de ensino.

No plenário, disse, os funcionários “confirmaram a falta de trabalhadores” na escola e “a necessidade de abertura de concurso para a contratação de mais pessoal não docente por parte do Ministério da Educação”.

Atualmente, segundo a sindicalista, 16 trabalhadores da escola encontram-se de atestados ou baixas médicas.

Mariana Recto adiantou que, se o Governo não tomar medidas para revolver os problemas, os funcionários admitem avançar para a greve.

A sindicalista assinalou que os trabalhadores da escola informaram o sindicato de que a direção do Agrupamento de Escola Manuel Ferreira Patrício está demissionária.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com