Estremoz: Alimentação do gado preocupa produtores, apesar da chuva

Estremoz: Alimentação do gado preocupa produtores, apesar da chuva

Quarta-feira, 02 Maio 2012
Alentejo
Apesar da chuva que caiu nos últimos dias, continuam a existir dificuldades na alimentação para o gado.
O alerta partiu do presidente da Associação de Criadores de Ovinos da Região de Estremoz (ACORE), João Tavares.
“Este ano tem sido muito mau, em termos climatéricos, para o setor. Começou a chover há alguns dias, mas a chuva veio atrasada”, disse o responsável.
Com a chuva dos últimos dias, segundo João Tavares, “pode vir a crescer alguma erva para pastagem dos animais, mas vai faltar palha, feno e cereais”.
A ACORE tem cerca de 1.300 sócios, sobretudo dos concelhos de Estremoz, Borba, Vila Viçosa, Sousel, Alandroal e Redondo.
Segundo o recenseamento agrícola, o Alentejo tem atualmente um milhão de cabeças de ovinos, o que corresponde praticamente a metade do efetivo nacional.

Deixe um comentário

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com