1434 – Vivam as pinturas

Crónica GARE
Quarta-feira, 12 Junho 2019
1434 – Vivam as pinturas
  • Na Estrada em Segurança


 
Finalmente, uma onda de pinturas de sinalética horizontal, está a acontecer nesta cidade, que há tanto tempo fazia tanta falta.
São passadeiras pintadas, são separadores centrais, são separadores em que rotundas com 2 faixas, são demarcações em variados locais, etc.
Esperamos que a onda de pinturas continue, porque ainda falta muita coisa para pintar e que faz muita falta. Esperamos que esta onda não se fique apenas por alguns bairros, mas que não pare.
Não quero arrepender-me do que estou a dizer hoje.
Aproveitando a onda da brancura, limpem as bermas das estradas, junto dos passeios, que estão cheios de areia e ervas, o que além de dar um péssimo ar de sujidade, também é muito mau para quem circula em veículos de 2 rodas, sejam bicicletas, motocicletas ou motociclos, que circulam junto das bermas e a areia provoca derrapagens ao travar.
E aquelas linhas de demarcação de bermas, tão necessárias ao tráfego noturno e que ninguém se lembra delas?
Espero que a tinta não se acabe tão depressa, porque quando acabarem de dar a volta, as primeiras pinturas já estarão a precisar de ser repintadas.
E espero também que esta tinta dure um pouco mais que as que têm sido aplicadas anteriormente.
É bonito de se ver o branco da tinta sobre o preto do alcatrão.
E vivam os Santos Populares!

 

Até amanhã