1435 – Sempre houve desastres

Crónica GARE
Quinta-feira, 13 Junho 2019
1435 – Sempre houve desastres
  • Na Estrada em Segurança

E ontem, a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária publicou mais um relatório da sinistralidade nas nossas estradas, lembramos uma vez mais, as continentais, porque continuamos a não saber o que se passa na Madeira nem nos Açores.
E a desgraça continua.
Na semana de 1 a 7 de Junho, registraram-se mais 11 vítimas mortais e mais 54 feridos graves.
Este ano, já morreram 203 pessoas. Em 2016 morreram 167. Em 3 anos o número de vítimas mortais aumentou 21,5%
Este ano, já houve 861 feridos graves. Em 2016 houve 789.
Este ano já houve 16 989 feridos ligeiros. Em 2016 foram 15 818.
E não há uma palavra, uma intenção, uma perspetiva nova, de um Secretário de Estado, de um Ministro, de um Presidente, que se lembre dos portugueses que morrem ante e depois do dia de Portugal?
Toda a gente discute o Serviço Nacional de Saúde e as PPP’s e ninguém se lembra de discutir porque morre tanta gente nas nossas estradas?
Sempre houve desastres, dizem alguns.
Mas está provado que não é necessário continuar a haver tantos desastres, tantas mortes e tantos feridos.
Conduza com segurança.

 

Até amanhã

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com