1506 – A diferença entre 30km/h e 50km/h

Crónica GARE
Quinta-feira, 05 Dezembro 2019
1506 – A diferença entre 30km/h e 50km/h
  • Na Estrada em Segurança

 

Voltando um pouco ao tema da crónica de ontem, isto é, a questão da circulação dentro das localidades a uma velocidade máxima de 50km/hora ou a sua redução para 30km/hora, é bom que todos os condutores de veículos automóveis, tomem consciência de algumas questões que são de importância fundamental para entender a necessidade deste debate, e da consequente tomada de decisão da norma dos 30km/hora.
Em primeiro lugar, é necessário que não nos esqueçamos nunca, que todos os condutores, também são sempre, poucas ou muitas vezes peões, isto é, utentes vulneráveis, que numa definição simples mas intuitiva, são utentes não protegidos por uma carroçaria.
Em segundo lugar, perceber que um peão atingido por um automóvel a 30Km/hora pode ficar gravemente ferido, mas se for atingido a 50km/hora a morte é quase certa.
Em terceiro lugar, perceber que se um condutor avistar um peão a atravessar um passadeira a 20 metros, se for a 30km/hora tem tempo de parar antes do peão, e se for a 50km/hora não tem tempo de parar, e atropela o peão.
Estamos a falar de condições ótimas de travagem e sem tempos de reação retardados, por motivo de ingestão de álcool ou outras substâncias, incluindo aqui determinados medicamentos.
Hoje, qualquer aluno do 9º ano de escolaridade, sabe fazer estas contas, porque teve oportunidade de falar deste assunto na disciplina de Físico-Quimica, ou de Matemática.
Por estas razões, todas fundamentadas cientificamente, vamos continuar a pugnar para que a velocidade máxima dentro das localidades seja de 30km/hora.

Até amanhã!

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com