1520 – Ciclista sem capacete

Crónica GARE
Quinta-feira, 09 Janeiro 2020
1520 – Ciclista sem capacete
  • Na Estrada em Segurança

 

Independentemente de muitas correntes de opinião que correm neste país acerca do uso de capacete pelos ciclistas, sejam crianças ou adultos, a GARE sempre defendeu que o uso do capacete tem que ser obrigatório e sempre o afirmou em todas as ocasiões em que estamos com crianças e com jovens.

O nosso Código da Estrada, na sua versão actual, recomenda o uso de capacete ao ciclistas mas só o torna obrigatório se a bicicleta for electrica.

Entre os ciclistas, crianças e jovens e adultos, continua a haver muitas liberdades que são muito perigosas e colocam os condutores  a riscos desnecessários.

O Jornal de Notícias de ontem noticiava que morreu o rapaz de 11 anos que embateu violentamente contra um muro de pedra quando se deslocava numa bicicleta, em Venda Nova, concelho de Montalegre, no passado primeiro de janeiro.

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Salto, Hernâni Carvalho, confirmou, ao JN, que, “infelizmente, o menino não resistiu a um quadro de muita gravidade”. Mesmo depois de ter sido sujeito a várias intervenções cirúrgicas, acabou por falecer, ao fim da tarde desta terça-feira, no Hospital de São João, no Porto, onde estava internado e a lutar pela vida desde 1 de janeiro.

Na tarde do dia de Ano Novo, cerca das 15.30 horas, Luís Carlos Gomes, residente em Salto, seguia de bicicleta por uma estrada com declive acentuado, terá ganho velocidade e acabou por chocar violentamente contra o muro de uma residência da Venda Nova, povoação próxima onde vivem os avós.

Notícias ao minuto dizem ainda que, segundo os Bombeiros que ocorreram ao local, a criança não usava capacete.

Até amanhã!

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com