A acção do MP

Crónica de Opinião
Sexta-feira, 02 Fevereiro 2018
A acção do MP
  • Rui Mendes

O Ministério Público (MP) não pára de nos surpreender. Quer pela sua acção, quer por não se negar a actuar de igual forma seja perante quem for.

Esta semana o MP desenvolveu mais uma acção, a qual apelidou de Operação Lex, acção que promete agitar a opinião pública pela notoriedade pública dos arguidos, pelo que este será mais um processo com elevado mediatismo.

A capacidade de investigação que o MP demonstra é notável. E não consta que tal resulte do reforço de meios, antes resultará do papel desenvolvido pela actual Procuradora-Geral da República, a qual estará apostada em manter a “máquina” do MP suficientemente capaz, pese embora esteja a decorrer o ano final do seu mandato e não tenha sido assumido a sua renovação no cargo.

Se formos recuando no tempo identificamos um elevado número de processos que o MP está a investigar, ou que já proferiu acusação, ou que estão em fase de julgamento.

Muitos destes processos possuem também elevado mediatismo, razão porque o MP está em permanente observação pela opinião pública.

Este Ministério Público merece a nossa consideração e cremos que será competente em proferir acusação sempre que tal seja justificado.

Esta actuação do MP não resulta apenas em levar à justiça eventuais arguidos, mas também em reduzir actos e práticas de corrupção, permitindo que Portugal tenha ganhos de credibilidade interna e externa.

Neste sentido, será de louvar a actuação do Ministério Público, pese embora esteja a exercer o seu papel.

Dito isto, haverá quem não queira um MP com este dinamismo? Cremos acreditar que não.

Até para a semana

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com