A Lua Vermelha

Nota à la Minuta
Segunda-feira, 21 Janeiro 2019
A Lua Vermelha
  • Alberto Magalhães

 

 

Não sei se por influência da Lua Vermelha desta madrugada, a nota de hoje vai-me sair ligeiramente bizarra, como um desabafo sobre coisas que me impressionaram na semana que passou. Em primeiro lugar, a criança de dois anos que caiu pelo furo abaixo, de uma altura equivalente à de um prédio de 25 andares. Já lá vai uma semana. Andam centenas de pessoas em manobras difíceis de salvamento ou resgate, segundo os relatos diários das televisões. Talvez lhe cheguem amanhã ou depois. Que esperam encontrar?

Depois, Catarina Martins, em entrevista ao Observador. Dizer que o BE é de extrema-esquerda é um insulto “que não tem nenhuma razão de ser”. “O termo extrema-esquerda está associado a totalitarismos, a perseguição e a ódio”, afirmou convicta. Como nós sabemos que o BE nasceu de uma amálgama de marxistas-leninistas, alguns de pedigree trotskista, outros de tendência maoista por via estalinista, outros vindos do ortodoxo PC, e como se juntaram sem, verdadeiramente, fazerem a mínima autocrítica, antes camuflando as suas filiações e os seus mais secretos pensamentos sobre os amanhãs que cantam, temo que o termo extrema-esquerda, até ver, se aplique ao Bloco.

Amanhã, espero continuar o desabafo.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com