A verdade é libertadora!

Crónica de Opinião
Quarta-feira, 01 Abril 2020
A verdade é libertadora!
  • José Policarpo

 

 

 

Em nome dos princípios da verdade e da confiança entre os administrados e a administração, a informação passada por estes àqueles, terá, obrigatoriamente, de ser fidedigna e corresponder à realidade dos factos. Não consigo, por isso, entender a posição de muitos técnicos de saúde a reclamar por meios de proteção e os nossos governantes a dizer que não há falta de coisa alguma.

Na verdade, os bastonários das várias ordens que representam os técnicos de saúde, reiteradamente, vêm denunciar junto dos órgãos de comunicação social, que existem várias unidades de saúde, onde faltam instrumentos de proteção individual, máscaras, luvas e fatos, e, consequentemente, é um problema que demora a ser resolvido.

Ou seja, é imperioso que o governo português venha informar os portugueses do que se passa no terreno, para que todos, possam, individualmente, avaliar a sua atuação. É assim que deverá funcionar numa verdadeira democracia. Caso contrário, caminharemos, paulatinamente, para um regime cheio de dúvidas onde a irresponsabilidade e a mentira serão a norma, significando a distorção do bem comum.

No que concerne à região do Alentejo esta pandemia vem evidenciando, pelo menos no que aos números diz respeito, contaminados e óbitos, por enquanto, um grande e elevado comportamento deste povo. Só espero, no fim disto tudo, vir aqui repetir e enaltecer este facto. Cumpram até ao fim as recomendações das autoridades de saúde. Estou certo, que, os alentejanos, são diferentes, do resto, e, em tudo.

Por último, vi ontem noticiado que, um lar da cidade de Évora, não obstante cumprir com todas as normas de contenção recomendadas, como por exemplo; turnos de quinze dias realizados pelas funcionárias, tem, contudo, uma utente que necessita de cuidados médicos fora e é transportada, penso que por transporte alugado pelo Estado, conjuntamente, com os outros pacientes de outros locais. Expliquem-me, que, não entendo, nesta situação, como é conseguido a contenção recomendada. Uns andam dentro da lei, outros, inconscientemente, acham que nada lhes acontece. Tenham vergonha se fazem o favor.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com