Ainda a enganadora progressão geométrica

Nota à la Minuta
Sexta-feira, 27 Março 2020
Ainda a enganadora progressão geométrica
  • Alberto Magalhães

 

 

A minha Nota de 12 de Fevereiro, a que dei o título de ‘A Progressão geométrica enganadora’, já avisava para a ‘falsa sensação de segurança’ que o rei sentiu, quando o sábio lhe pediu de recompensa apenas (sublinho o apenas) um grão de trigo na primeira casa do tabuleiro de xadrez, dois na segunda casa, quatro na terceira, oito na quarta,… e como tudo se transformava em visível bancarrota quando da casa 31 para a 32, se saltava de 4300 milhões para 8600 milhões, ainda sem ter chegado a meio do tabuleiro. Terminava assim a Nota desse dia 12 de Fevereiro (e cito):

“Façamos, finalmente, o mesmo exercício para o coronavírus. Se o primeiro doente tiver infectado duas pessoas, cada uma dessas tiver infectado outras duas…Se cada uma das quatro infectar mais duas…Percebe-se que, se não nos defendêssemos adequadamente do contágio, a pandemia cresceria em progressão geométrica e acabaria por ser quase universal”.

Ora, segundo a agência Lusa noticiou em 26 de Fevereiro, a médica espanhola Maria Neira, directora de Saúde Pública da Organização Mundial de Saúde, em declarações a uma emissora do seu país, depois de afirmar que, na China, o número de casos parecia ter atingido o topo, deu conta da sua visão sobre o que viria a passar-se no resto do mundo. Globalmente, disse ela, o vírus circula, mas em quantidades muito pequenas, e os casos têm uma sintomatologia entre “leve e moderada”, semelhante a uma gripe sazonal. Disse ainda que as medidas tomadas em Espanha (onde se tinham diagnosticado oito casos) eram totalmente adequadas.

Já agora, ela começou por dizer que a corrida às máscaras e desinfectantes era totalmente irracional e desproporcionada. A responsável pela Saúde Pública mundial deu-nos a todos uma ‘falsa sensação de segurança’. No fundo, disse o mesmo que o Bolsonaro. Será que ele a ouviu e a levou a sério?

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com