Antes morrer de Covid que levar a vacina

Nota à la Minuta
Terça-feira, 04 Janeiro 2022
Antes morrer de Covid que levar a vacina
  • Alberto Magalhães

 

 

A propósito dos movimentos que vêem mil perigos e mil conspirações nos apelos à vacinação para a Covid-19, deixem-me voltar a um tema que aqui abordei há exactamente 5 anos, na 48º Nota à la Minuta, no dia 4-01-2017: falava então de um jovem psicólogo, Leon Festinger, que nos anos 50, elaborou o conceito de ‘dissonância cognitiva’, que na sua simplicidade explica muita coisa sobre nós e as nossas crenças.

Em 1956, Festinger e dois colaboradores escreveram um livro, com o título “Quando a Profecia Falha – Um estudo social e psicológico de um grupo moderno que previu o fim do mundo”. A conclusão principal do estudo era surpreendente à luz da crença de que os humanos são animais racionais: Quando, no dia aprazado, a nave alienígena não apareceu, como Arca de Noé, para salvar os membros da seita e, finalmente, no dia seguinte, a Terra ainda rodava à volta do Sol imperturbável, tal não desmobilizou, de maneira nenhuma, a maioria esmagadora dos crentes. Antes pelo contrário, a sua fé de que acontecera um adiamento inesperado do inevitável apocalipse mostrou-se mais forte que nunca.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, 60% dos internados com Covid não estavam vacinados. Nos cuidados intensivos a percentagem sobe para 90% e, em cada 80 vítimas mortais, apenas 10 tinham tomado a vacina. Se a vacinação não desse resultado ou fosse prejudicial, sabendo-se que mais de 85% dos portugueses tomaram as duas doses, segue-se, logicamente, como diria o Paulo Bento, que deveria haver, pelo menos, cinco vezes e meia mais vacinados entre as vítimas de Covid moderado, grave ou mortal. Nada disso, os números dizem precisamente o contrário. Bom, mas quem lhes garante que os números são estes e que eu e o secretário de Estado não trabalhamos para o Bill Gates ou para a mafia farmacêutica que, a propósito, é bem capaz de ter vindo de Alfa Centauro no tempo de Louis Pasteur, que andou a espalhar a raiva pelo mundo, com a sua pioneira vacina antirrábica, etc. e tal…e com a verdade me enganas.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com