Ataques aos bombeiros

Crónica de Opinião
Sexta-feira, 08 Novembro 2019
Ataques aos bombeiros
  • Rui Mendes

 

 

As corporações de bombeiros são imprescindíveis pelo papel de protecção e social que prestam à sociedade. Por isso merecem a nossa consideração, estima e o apoio da sociedade.

No passado sábado um grupo de 20 pessoas, durante a madrugada, invadiu o quartel da corporação de bombeiros de Borba, tendo agredido dois bombeiros, perseguido outros, e danificado equipamentos.

Na segunda-feira, em Elvas, quando se encontravam a prestar um serviço no hospital de Santa Luzia, dois bombeiros elvenses foram ameaçados de morte por um individuo que se encontrava naquele hospital, o qual danificou uma das ambulâncias daquela corporação.

Na terça-feira a Liga dos Bombeiros Portugueses emitiu nota à comunicação social na qual repudia aqueles ataques e mostra a sua solidariedade para com os corpos de bombeiros.

Sabemos que, em ambos os casos, as autoridades policiais intervieram, e que no caso de Borba terá sido remetido processo para o Ministério Público.

Para estes casos a justiça deve agir de forma rápida e com total firmeza, e não aplicar qualquer tipo de atenuantes.

Amanhã haverá uma manifestação de apoio do povo de Borba aos seus bombeiros.

Quem praticou estes atos tem que ficar a saber que a sociedade os condena veementemente, e que serão chamados a responder perante a justiça.

Viver em sociedade é respeitar os outros e viver segundo regras estabelecidas. Quem assim não age deve sentir a reprovação da sociedade.

Estes casos criam nas populações sentimentos de insegurança, o que é verdadeiramente preocupante.

A segurança é um dos maiores valores da nossa sociedade. Preservar este valor é essencial.

Nós deixamos aqui a nossa solidariedade e apoio aos bombeiros e às suas corporações, na expetativa que a justiça seja célere e firme em punir os autores destas selvajarias.

 

Até para a semana

 

Rui Mendes