Brexit só com acordo? Qual acordo?

Nota à la Minuta
Quarta-feira, 30 Janeiro 2019
Brexit só com acordo? Qual acordo?
  • Alberto Magalhães

 

 

Eu sei que, saudavelmente, as televisões portuguesas se esforçam por aliviar o stress dos telespectadores e que, mesmo nos canais informativos, nos servem diariamente doses generosas de entretenimento futebolístico, a par de elegantes e profundas discussões deontológicas e patafísicas sobre o desporto-rei.

Por exemplo, ontem à noite, eu – que sofro de incorrigível tendência para me preocupar com problemas que qualquer pessoa sensata diria não me dizerem respeito – em vez de me entreter, ao serão, com a análise multifacetada do jogo da Luz, concentrei os meus esforços na Sky News e na CNN, tentando perceber, com pouco resultado aliás, o que se passava na Câmara dos Comuns, onde se votaram umas moções e se chegou a um resultado final absolutamente espantoso. Em resumo,

Os deputados britânicos não querem adiar a saída do Reino Unido da União Europeia, mas também não querem sair sem um acordo. Não querem o acordo negociado por Theresa May, por causa do mecanismo exigido pela União Europeia, para impedir uma fronteira física entre as duas Irlandas. Estão mesmo convencidos de que, bem pressionada, a União Europeia acabará por ceder. Cederá?

Vista do meu sofá, a situação afigurou-se caótica, insensata e imprevisível. Mas não há crise. O Benfica deu uma abada no perigoso Boavista.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com