Chapelada a Santos Silva

Nota à la Minuta
Sexta-feira, 01 Fevereiro 2019
Chapelada a Santos Silva
  • Alberto Magalhães

 

 

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, é um excelente ministro. Sóbrio no discurso, competente nas acções, inteligente, culto e sensato. Na entrevista que concedeu ao jornal Público e à rádio Renascença, quer no que diz respeito ao Brexit, quer em relação à situação na Venezuela, Santos Silva mostrou-se sagaz e ponderado, convencendo-me de que estamos bem representados no concerto das nações.

Em relação ao Brexit, disse que a Europa tem de esperar que, finalmente, o Reino Unido – depois de dizer o que não quer – apresente uma melhor alternativa. Mas disse mais: que melhor seria adiar o momento da saída, para haver tempo de “racionalmente revisitar tudo isto” e que, acima de tudo, preferível seria anular o Brexit.

Quanto à Venezuela, a actuação do ministro e do secretário de Estado José Luís Carneiro tem sido prudente, acautelando os interesses da grande comunidade portuguesa e luso-descendente sem, contudo, abdicar de firmeza nas tomadas de posição sobre a legitimidade da oposição ao regime podre de Maduro. Portugal, em consonância com a União Europeia, exige de Maduro que, até ao próximo domingo, convoque eleições livres. Se tal não acontecer, Juan Guaidó verá reconhecida a legitimidade da sua posição como presidente interino da Venezuela.

Hoje, tiro o chapéu ao meu país e ao seu ministro dos Negócios Estrangeiros.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com